Doses Diárias

todo dia eu mastigo um pedaço do meu coração esfacelado, cada camada dele que guarda uma parte de você que tá aqui
e todo dia eu engulo de volta como comprimido, tem dias que é amargo, tem dias que é tão tão doce, mas eu engulo e não sei onde vai parar porque nunca vai embora
todo dia, todo mísero dia dessa vida incrível, eu quero te abraçar pra sempre até a gente flutuar que nem la la land
porque quando eu te abracei pareceu possível, foi verdade, todas as mentiras e improbabilidades se estendem na minha frente como factíveis quando eu lembro da gente
todo dia eu me concentro tão somente em existir o existível e deixar você viver sua vida em paz, a paz que eu desejo que você sinta
todo dia eu morro um pouco e renasço de outro jeito, completamente formatada pela paixão, apagando dados, memórias e inventando novas
todo dia minha cabeça trovoa
todo dia eu digo a você na minha cabeça “me desculpe, mas continuarei te amando” e te liberto de fazer qualquer coisa com isso
todo dia eu quero bater na sua porta com um disco voador pra gente sumir
todo dia eu me digo pra deixar de ser tola, mas ignoro o barulho da geladeira e continuo te amando
todo dia a poesia faz sentido na minha vida porque você chegou e me mostrou isso e eu não sei em que camada da minha mente mora essa presença sua tão tão forte
todo dia eu lembro de você me tocando e eu lembro tão bem lembrado que quase sinto de novo, continua aceso, forte e intenso
todo dia eu me admiro com a minha capacidade de tirar leite de pedra, do pouco que aconteceu, do tanto que ficou dentro de mim
todo dia eu sou louca por você e quero fazer alguma coisa isso que é tão imenso
todo dia eu faço, então, poesia com os pedaços do meu coração que eu mastigo todo dia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Calma, miga, é só um boy

Do caos a lama

Sobre as coisas que sinto quando lembro do seu abraço